Cinco principais considerações de segurança para migração para a nuvem

Escrito por Zevenet | 28 Outubro, 2021 | Dados Técnicos:

Introdução

Os crescentes crimes cibernéticos no setor obrigaram as empresas a se concentrarem nas implementações de segurança cibernética na organização. O cenário de TI em evolução exige fortemente operações e sistemas de negócios dinâmicos que ajudem a abraçar a transformação digital. Considerando esses aspectos e os crescentes requisitos de negócios, as organizações estão adotando a tecnologia de nuvem. A migração da nuvem envolve a implementação de sistemas de segurança da informação altamente avançados e implantações de aplicativos que impactam significativamente o cenário de segurança. Além disso, exige o estabelecimento de uma estrutura de segurança em toda a infraestrutura da nuvem. Portanto, as empresas que planejam adotar a tecnologia Cloud e iniciar a migração para a nuvem devem entender suas implicações e processos antes de optar pela tecnologia. Explicando a tecnologia, compartilhamos as 5 principais considerações de segurança para migração segura para a nuvem em nosso artigo. A lista de verificação fornecida a seguir é uma estrutura para a segurança na nuvem e garante uma migração bem-sucedida para a nuvem.

Controles de segurança

A adoção da tecnologia e da migração para a nuvem exigirá que sua organização compreenda a complexidade e a gama de processos envolvidos para sua execução bem-sucedida. Isso requer políticas e procedimentos de controle de segurança relevantes em vigor antes de migrar a infraestrutura de TI para a nuvem. Por esses motivos, as organizações precisam ter regras, regulamentos, políticas de conformidade e uma estratégia de segurança eficaz para garantir a segurança das informações em ambientes de nuvem. Isso é essencial, pois a maioria das organizações enfrenta lapsos e violações de segurança devido a políticas e controles de segurança em nuvem obsoletos e ineficazes. Implementar as medidas necessárias e uma política unificada em todo o ambiente de nuvem garantirá uma migração segura para a nuvem. Além disso, ter fortes medidas de segurança para infraestrutura de TI evita interrupções e impacto nas redes baseadas em nuvem.

A largura de banda é crucial

Uma das principais considerações na migração da nuvem é determinar os requisitos de largura de banda dos aplicativos hospedados na nuvem. As empresas precisam considerar e compreender o fluxo de dados para os requisitos de largura de banda adequados para a infraestrutura de TI. Isso é essencial, pois tem um grande impacto nas medidas de segurança da organização e no desempenho necessários para garantir a migração segura para a nuvem. Os aplicativos hospedados na nuvem devem atender aos requisitos de desempenho para evitar interrupções e atender aos requisitos dos aplicativos de negócios. A largura de banda inadequada limitará os benefícios potenciais da migração para a nuvem e também afetará o desempenho de segurança das soluções implementadas para a infraestrutura de TI. Portanto, é essencial levar em consideração os requisitos de largura de banda antes de adotar a migração para a nuvem. As organizações devem avaliar o desempenho do aplicativo atual e melhorá-lo antes de iniciar a migração para a nuvem.

Requisitos regulatórios e de conformidade

Outra consideração importante na migração para nuvem é identificar os requisitos regulatórios e de conformidade aplicáveis. As organizações que mudam para a nuvem, processam, armazenam ou transmitem entre diferentes nuvem e ambientes de rede física terão que atender a vários requisitos regulamentares e de conformidade. Além disso, os requisitos regulamentares e de conformidade fornecem um roteiro claro para uma migração segura da infraestrutura de TI. Portanto, ter a estratégia certa em vigor para que as organizações permaneçam em conformidade e protejam sua infraestrutura. No entanto, é importante observar que a estratégia regulatória e de conformidade deve ser robusta e flexível o suficiente para se adaptar aos novos requisitos.

Aplicação de medidas de segurança

Determinar as lacunas de segurança na infraestrutura atual e implementar as soluções de segurança certas é a chave para uma migração de nuvem bem-sucedida. As organizações devem implantar soluções de segurança para operações de negócios baseadas em nuvem para fortalecer a rede e a infraestrutura de TI. A mera instalação de um firewall não é suficiente do ponto de vista da segurança e deve incluir uma análise abrangente das políticas, procedimentos, processos e padrões de segurança atuais em vigor. Dependendo dos relatórios, a organização deve implementar medidas de segurança, incluindo firewall de aplicativo da Web, autenticação de dois fatores, segurança de acesso à nuvem e tais medidas. A organização também deve incluir a implementação de gerenciamento de riscos, gerenciamento de mudanças, continuidade de negócios e planos de recuperação de desastres, conscientização e programas de treinamento para garantir a implantação segura da nuvem.

Gerenciamento do ciclo de vida

As soluções e programas de segurança implementados devem ser consistentes em ambientes de nuvem. Operações contínuas são essenciais para uma migração bem-sucedida para a nuvem. Portanto, é necessário trazer inconsistência com as políticas de segurança, disposições e integração com sistemas centrais. Por esses motivos, as organizações devem implementar políticas unificadas e soluções de gerenciamento de ciclo de vida para garantir a consistência em todo o ambiente. O gerenciamento do ciclo de vida é a chave para padronizar as operações e as soluções de segurança. As organizações devem considerar a implementação de padrões e tecnologia de conector de nuvem para implantação em diferentes ambientes de nuvem. Isso garantirá uma operação de negócios descomplicada e uma migração para a nuvem bem-sucedida.

Conclusão

A tecnologia em nuvem faz maravilhas para as organizações se bem implementada. No entanto, concentrar-se na implementação de medidas de segurança adequadas é crucial. As organizações devem conduzir uma análise abrangente de seus sistemas e infraestrutura atuais para determinar as lacunas de segurança e atender aos requisitos para uma migração bem-sucedida para a nuvem. É quando os elementos de segurança mencionados acima entram em ação. A consideração das considerações de segurança acima ajudará a construir uma infraestrutura de nuvem segura e a facilitar uma infraestrutura de TI altamente segura, que também é ideal para um cenário digital em evolução.

GRAÇAS A:

Lucy Jones

COMPARTILHE NO:

Blogs relacionados

Postado por zenweb | 02 de agosto de 2022
7 razões pelas quais o ZEVENET é o melhor software de balanceamento de carga em 2022 A solução de balanceamento de carga não é mais o que costumava ser no passado. À medida que a tecnologia melhora, as ameaças também…
9 CurtiuComentários Off em 7 razões ZEVENET é o melhor software de balanceamento de carga em 2022
Postado por zenweb | 20 de julho de 2022
Um centro de operações de rede (NOC) é um local central onde as equipes de TI de uma organização monitoram o desempenho de uma rede. O NOC fornece servidores, bancos de dados, espaço em disco rígido e…
26 CurtiuComentários Off no Centro de Operações de Rede, Definição e 4 Principais Práticas Recomendadas
Postado por zenweb | 11 de julho de 2022
Introdução O processo de obtenção e manutenção da conformidade com o PCI DSS não é fácil para nenhuma organização. Seja uma organização de grande escala, uma empresa de médio porte ou uma pequena empresa, o PCI DSS pode…
23 CurtiuComentários Off em Quais preparações são necessárias para conformidade com o PCI DSS?